0

Colocar chip no cachorro

Olá pessoal!

Recentemente obtive a notícia de que poderia passar um tempo na Alemanha. E a primeira coisa que pensei, foi em como levar toda a família! (Eu, marido, baby e as duas caninas). Foi então que comecei o processo de pesquisas para saber tudo o que é necessário fazer, principalmente na parte canina, porque é um processo demorado e bem burocrático.

Depois de ler muuuito, encontrei este post aqui que é o mais completo que achei e o mais cheio de informações e referências sobre esse processo de levar animais à União Européia. E resolvi fazer por minha conta todo o processo :)

Vou fazer os posts conforme as coisas vão acontecendo, mas vou explicar aqui especificamente, sobre o processo de aplicar Chip nas minhas cachorras, ok?

Conversei com meu veterinário que fica na Baixada Santista (meio longe de onde moro agora) e expliquei que precisava aplicar os chips. O próprio veterinário fez a encomenda dos chips, marcamos uma data e fui lá para ele aplicar.

A aplicação do chip é relativamente simples para o animal!
Levei as dogs ao veterinário e ele aplicou o chip. O processo é bem rápido, porque o chip vem em uma “seringa” que é o aplicador, e realmente basta o veterinário remover o conteúdo do pacote, furar o pet e aplicar o chip!

 

aplicador_azul-300x225

A aplicação é subcutânea e tirando a picada da lâmina, ela é bem indolor. As cachorras não ficaram com aquela área sensível nem nada. Apenas uma delas teve um leve sangramento após a aplicação do chip, mas nada além disso.

Passei a mão para “sentir” o chip depois e não consegui, rs.

Após a aplicação, o veterinário precisa cadastrar seu pet no site, para isso ele vai colocar as suas informações pessoais como nome, endereço, telefone, email e as informações do pet como nome, raça, idade e numeração do chip aplicado. Como a marca do meu chip foi da Virbac, então o cadastro aconteceu direto no site deles.

Como proprietário, recebo um email e acesso ao site após o cadastramento, para ter controle das informações dos meus pets que agora possuem chips! :)

 

Por fim, no próprio site da Virbac tem um certificado de aplicação do chip no animal. Imprima este certificado, preencha ele e peça para o veterinário assinar também, porque você vai usar ele depois!

Também é importante guardar todas as etiquetas adesivas que acompanham o chip, porque também serão usadas, inclusive uma delas, já vai colada no certificado!

 

Por enquanto, é isso que tenho para contar para vocês :) O processo todo de aplicar chip é simples e fácil.

O veterinário que aplicou é o Dr. Gustavo e o site da Virbac é este aqui.

 

Cheguei a fazer uma cotação com o pessoal do Flying Pet. Eles são bem bacanas e fazem TUDO por você! Só que como eu tinha tempo e já estava meio antenada sobre tudo o que precisava fazer, então decidi fazer por conta mesmo.

 

Zara e Lilica chipadas e vacinadas :)

Zara e Lilica chipadas e vacinadas :)

Espero que tenha ajudado vocês! 😉

Até breve!

Pathiene

 

Mais links relacionados:

http://www.agricultura.gov.br/animal/animais-de-companhia

http://www.agricultura.gov.br/animal/animais-de-companhia/transporte-internacional

http://www.agricultura.gov.br/arq_editor/file/Aniamal/Animais%20de%20Companhia/Transporte%20Internacional/uniaoeuropeia.pdf

0

Doação de duas fêmas em SP

Pessoal, tudo bem?

A Kátia recolheu dias atrás alguns cachorrinhos que foram abandonados na rua dela. Eram quatro filhotinhos!!
Dois desses filhotes ela já conseguiu doar, mas ainda tem mais duas… Vamos ajudar a encontrar um lar pra elas?

Olhem só que fofuras!!

20140203_112318

20140203_112403

20140203_112524

20140203_113823

20140203_113927

Não são suuuper fofas? To morrendo de vontade de apertar essas gostosuras! hehe

Se souberem de alguém que queira adotar filhotes que provavelmente serão de porte médio, ajuda a gente a arrumar um lar pra elas, please?
E a Kátia ainda leva as cachorrinhas para o adotante novo!! 😉

Conto com vocês!! 😉

Os contatos da Kátia são:
Kátia Roza
Fones (11) 8042-0981
(11) 8497-4808
email: krds11@gmail.com

0

O que seu cachorro faz quando você não está em casa…

Alguém já teve curiosidade de saber o que seu dog faz enquanto você não está em casa?
Eu já, tanto que eu e o marido fizemos algumas artes, só pra deixar uma câmera ligada e ver o que as cachorras faziam enquanto não estávamos em casa, rs Mas no nosso caso, não teve muita surpresa… as cachorras só dormiam! rs
É por isso que levo super à sério o passeio diário com elas, porque sei que elas esperam ansiosamente quando a gente chega em casa para elas poderem agitar e se divertir, hehe

Mas outras pessoas também resolveram filmar seus dogs enquanto não estavam em casa, e olha só o vídeo desse Beagle, mostrando a arte dele na cozinha, enquanto estava sozinho!!

Gente, muito esperto né? rs Fiquei pensando se tivesse comida ali na bancada, o que será que tinha acontecido come ela! rsrs

Gostaram?

0

Entenda seu cachorro

Pessoal,

Várias pessoas as vezes me pedem conselhos sobre seus dogs, conselhos que estão relacionados ao comportamento do animal e que vão até pra parte de comida! Eu sempre aviso meus amigos que não sou veterinária, mas se prestar atenção no comportamento do cachorro, já dá pra tirar muita conclusão e aprender a lidar melhor com ele sabia?
Sabendo isso, achei esse link aqui da Enciclopets que fala justamente sobre o comportamento canino, ou seja, atitudes que são quase que padrões em todos os cachorros, independente de porte ou raça!
Vamos conferir?

Quando convivemos diariamente com um cão, se o observarmos bem, vamos perceber que ele tenta se comunicar conosco através de latidos, rosnados, atitudes, maneira de olhar, de balançar o rabo, empinar a cabeça, virar-se de barriga para cima, etc. Mas para nós, humanos, não é fácil compreendermos os sinais corporais e verbais dos cachorros, por isso, colocaremos aqui um guia de entendimento da linguagem canina, e assim, você poderá entender um pouco melhor seu cão, que só não pode falar por questões de anatomia.

Verbalizações

Latidos

Fêmeas e machos latem de forma diferente.
Os latidos variam em volume, tonalidade (grave ou agudo), duração, número de repetições e frequência.
Latidos pausados com intervalos longos de aproximadamente 15 segundos: está pedindo algo (comida quando está com fome, entrar, sair, etc).
Latidos com intervalos de aproximadamente 3 segundos e orelhas para trás: alarme. Algo diferente está acontecendo (ruído, alguém no portão, um animal se aproximando, etc).
Latido sequencial, intercalando com rosnado: defesa de território e família.
Latido único, curto e agudo: está pedindo algo (brinquedo, comida, abrir a porta, etc); o latido pode se repetir caso o dono não atenda.
Latidos curtos por longos períodos, dando intervalos longos ou médios: solidão, sofrimento por estar preso. Pede contato e companhia.

Rosnados

Sempre significa advertência e não necessariamente agressividade.
Rosnar com os dentes escondidos: está começando a ficar irritado.
Rosnar mostrando os dentes superiores e intercalando com latidos: Está no limite de tolerância e prestes a atacar.
Rosnada com choro: está extremamente inseguro por temer agressão iminente do dono ou de outro cão.
Outros sinais vocais

Mistura de latido com uivo – parece que está resmungando: está se queixando de algo, pode ser dor, tristeza, preocupação.
Gemido, choro e choramingo: sempre significa incômodo, sofrimento ou dor, e mais forte será, quanto maior for sua aflição e dor.
Ganido: equivale ao grito humano, diante de um susto ou de uma dor insuportável.
Suspiro: assim como o ser humano, o cão suspira quando consegue descansar ou consegue algo que desejava.
Gemido trêmulo: quando o cão sente prazer ao coçar seu ouvido ou as costas, por exemplo.
Uivo: significa comunicação com cães que possam estar distantes ou quando percebe uma cadela no cio.
Sinais corporais

Lambidas

Lambe o ar: está com dor em algum lugar que ele não consegue definir.
Lambe o chão, a cama onde deita ou um tapete: melancolia e tédio.
Lambe a pata sem parar: o cão está estressado e muitas vezes essas lambidas causam ferimentos graves.
Lambe rapidamente o queixo, a boca ou a face do cão ou de quem está perto: significa apaziguamento.

Olhar

Olhar fixamente para o outro: significa desafio, portanto, jamais encare nos olhos um cão que você não conhece.
Olhar de viés: está desconfiado.
Olhar sonolento: não está interessado.

Cauda

O abano da cauda ou rabo, nem sempre significa alegria.
Quando balança o rabo junto com todo o traseiro: alegria.
Quando está empinada: o cão está atento.
Cauda caída balançando lateralmente: o cão está tranquilo e relaxado.
Cauda caída pesadamente e parada: cão inseguro.
Cauda entre as pernas: muito medo.
Balançando forte: alegria.

Outros gestos

Pelos arrepiados na cernelha: está com muito medo.
Dormir de barriga pra cima e pernas para o alto: total segurança e confiança naquele ambiente e com as pessoas que estão ao seu redor.
Deitado com a barriga no chão e as pernas para trás: está com calor.
Afofar o local antes de deitar: gesto instintivo dos ancestrais que amassavam o capim para evitar fiapos ao deitar
Rodar em torno de si antes de evacuar: mesma conotação de amassar o capim. Ato instintivo para que nada o incomode neste momento.
Cutucar com o focinho: quer sua atenção .
Morder o calcanhar: é uma brincadeira. Ele não quer que o outro se retire do ambiente.
Frente abaixada, traseiro levantado e olhando fixamente: está convidando para brincar, e correr atrás dele. Infelizmente muitos donos, por não entenderem esse gesto, acabam agredindo o cão.
Cheirar o traseiro de outro cão: é reconhecimento, equivalente ao nosso apertar de mãos e ao “muito prazer”.
Virar de barriga para cima: significa submissão. Muitos cães, diante do iminente ataque do outro cão viram-se imediatamente de barriga pra cima, fazendo com que o outro cão recue.
Montar em um cão do mesmo sexo ou nas pernas das pessoas. Não tem significado sexual nem quer dizer que o cão está com “desejos”. É apenas um ritual de liderança. Quando o cão faz isso significa que quer se impor sobre você ou o cão e está dizendo que quem manda ali é ele.
Cheirar o chão: passatempo preferido dos cachorros.
Mordiscar: um gesto de carinho. É como se você pegasse a mão de outra pessoa e ficasse fazendo carinho. Como os cães não têm mão, usam a boca para segurar.

É um desejo antigo do homem entender e poder se comunicar com os cães. Esse artigo já é um bom começo para você começar praticar com seu cachorro. Boa sorte!

Gostaram? Achei super interessante! Vários gestos caninos eu já conhecia, só por observar os cachorros em geral, mas mesmo assim, achei todas as informações super válidas!

Os créditos do texto vão para o pessoal da Enciclopets ok? 😉

Até a próxima!

0

Fotos de cães lambendo o próprio nariz

Achei esse post aqui bem legal! Ele mostra a foto de diversos cachorros lambendo a própria língua! A idéia foi da Stephanie McCombie que criou a hashtag no instagram #peanutbutterseries e nela mostram fotos de vários pets lambendo o seu próprio nariz depois que ganhar um pouquinho de pasta de amendoin nele! hehe

Vamos conferir?

dog1

dog2

dog3

dog4

dog5

dog6

dog7

dog8

dog9

dog10

dog11

E quero compartilhar duas fotos, da minha dog Zara, porque ela tem um linguãaao e nem precisa de pasta de amendoim para mostrar ela lambendo o próprio nariz! Hehehe

zara1

zara2

Quanta fofura não é mesmo?
Qual dog que vocês gostaram mais? :)

0

Husky falando

Um monte de gente está se divertindo com o vídeo de um Husky que “fala” que não quer ir para a casinha/canil dele e quando eu vi, também dei muita risada! hehe Olhem só:

Já percebi que os cães da raça Husky tem uma certa facilidade em falar né? Lembram da cachorra Mishka que sabe falar algumas palavras e até mesmo cantar? Já falei sobre ela aqui e aqui :)

E vocês, conhecem algum Husky aqui no Brasil que é tão esperto quanto esses que vimos agora? rs

Até mais 😉

0

Filhote uivando

Tá bombando um vídeo por ai, de um filhotinho Husky de apenas 20 dias aprendendo a uivar! E depois que vi o vídeo entendi o sucesso: o dog é realmente uma dose enorme de fofura!! hahah Olhem só:

E pra completar, eu tive um pastor alemão, o Rex, que sempre que escutava barulho de sirene ou quando alguém buzinava repetidamente, ele começava a uivar. Mas o uivo desse cachorro aqui ao escutar uma sirene é bem diferente! É uma mistura de fofura com diversão, rs

Gostaram? Conhecem algum dog que faz isso? 😛

Até mais 😉

O segundo vídeo veio como dica do blog NerdDoGueto.

0

Agitando o Cachorro (Dog Shaking)

Oi pessoal, tudo bem?

Achei esse vídeo muuuito legal!!
Eu já tinha visto alguns cachorros se chacoalhando em câmera lenta, e esse é mais um vídeo que mostra com mais detalhes toda a baba e pêlo que os cachorros soltam só quando vão se chacoalhar! hehe Olhem só:

Confesso que achei os dogs meio babões! hahaha

Gostaram? 😉

PS: Essa carinha aqui acho que foi a melhor!! 😛

Shake4

0

Gatinhos para adoção SP

Olá pessoal, tudo bem?

Estou com dois gatinhos lindos disponíveis para adoção, olhem só:

Crush

Crush

Esse é o Crush e ele tem uma amiga, a Tininha!

Tininha

Tininha

Ambos têm um pouco mais de 3 meses e estão disponíveis para adoção, na região de São Paulo ou Santos! Eles são super meigos, dóceis, brincalhões e cheeeios de energia!! E é por isso que queremos dar um lar seguro pra eles, que pode ser casa ou apartamento (telado), ok?

Quem estiver interessado, entre em contato nos emails adotargatinhos@gmail.com ou com o contato@animalshow.com.br 😉

Bjos

Update: A Tininha foi adotada pessoal! Ainda falta acharmos um lar para o crush 😉

0

Não se esqueça, faça um carinho…

Vi esse vídeo aqui na página do Hypeness e vou ser bem breve no comentário, porque o que vale mesmo, é ver assistir ele.

Mas a cadelinha do vídeo de chama Pat e ela foi abandonada presa e desnutrida, então o pessoal da MaxMello fez uma campanha para fazer a Pat conhecer que não existem só pessoas más e sim muitas pessoas boas e que estão dispostas a dar carinho para os animais em geral.

Agora a emoção mesmo, é conferir o vídeo:

Doe. Adote. Apadrinhe.
E não se esqueça, faça um carinho!

Só quero fazer mais um comentário bocó: chorei, haha 😛

Clique aqui para acessar a página da MaxMello no facebook e conhecer um pouco mais sobre eles 😉